Necropsycho

Necropsycho

Band : , ,
Label :

Completando 9 anos de história, reconheceu o cenário mundial psicodélico, Carmine E. Tarsitano, também conhecido como Nuccho, brasileiro São Paulo Guarulhos, responsável por projetos: Necropsycho, Megiddo; Ogoun com o produtor italiano DarkWhisper e Aliens Corporation com o produtor alemão SystemCrash.
Necropsycho foi originalmente criado em 2003 em parceria com seu amigo Hermann. Tendo influência como canções de Goa Trance, Experimental, Hardcore, Industrial (EBM), Drum Bass, Rock n Roll, Folk, Tribal e Ethnic Ancestry. Assim, criar uma personalidade em suas próprias composições digitais pode, assim, manifestar e alcançar as mais diversas afeições da alma através do som.
Seus primeiros shows foram em festas e clubes em São Paulo e Guarulhos e festas organizadas pela Zamatrupe e Cosmic Crew. Em 2006 ele teve seu primeiro reconhecimento internacional, assinando e lançando suas primeiras músicas em formato de CD, o selo sueco Hypnotica rec. e o selo brasileiro Dead Tree Prod, aparecendo fora do estado de São Paulo.
Em 2008 e 2009 deu um grande boom em sua carreira, com o lançamento do álbum “Split, Extreme Deformities” em parceria com os produtores Demonizz e Bash e o lançamento de seu EP Nekropolis com o selo Metropolis rec. No mesmo ano iniciou o projeto paralelo “Megiddo” com bpm inferior, influenciado pelo projeto do amigo Bruno Azalim, Onionbrain, e Ep of Megiddo (Caos Mágico), da Mind Tweakers Records rec.
Então, o começo deu suas primeiras apresentações pela América Central Internacional (Guatemala e Costa Rica) e pela turnê na Europa (Bélgica, Itália, Suécia, Suíça, República Tcheca, Áustria, Polônia e Alemanha). Também atuando em grandes festivais no Brasil, como Out of Time Festival, Samsara, Universo Paralello, SoulVision, Mystic Tribe, 303 Festival.
Em meados de 2010, foi convidada pela gravadora para lançar o Uroboros Rec Ep NecroDrops com faixas focadas em ambient, experimental e hardcore. Logo após o lançamento do EP, ele partiu para uma longa turnê na Europa por 5 meses, que iniciou o projeto com Ogoun Darkwhisper e Aliens Corporation com o design System Crash e aperfeiçoou seus conhecimentos com produção musical participando de workshops em Munique – Alemanha.
De 2010 a 2011, lançou seu álbum de estréia, Macabre Queen, da Hypnotica Records (que vendeu todas as cópias) e o álbum de estreia do Ogoun, Enter the Void, do selo japonês Rockdenashi Prod. E mais realizado um feito de jogar mais tempo; vindo se apresentar por horas, sendo chamado de ‘NecroRitual’, sua estréia ao vivo 6 horas em Itabira – MG, 10 horas em Ipatinga, com o objetivo de transformar cada apresentação de algo único e experimental.
Com o lançamento de seu debut, Macabre Queen fez a primeira turnê na Índia com 4 apresentações, que absorveram mais conhecimento e aperfeiçoaram suas técnicas, e expandiram seu talento por causa das experiências espirituais e conectando música eletrônica com ancestrais tribais. Um dos grandes marcos dessas experiências foi uma apresentação de 8 horas na Guatemala para celebrar o Dia dos Mortos em outubro de 2011.
Logo após, ocorreu a primeira turnê do projeto Ogoun pelo Brasil em 2012 e agora mais uma turnê pela Índia e Europa que consequentemente encerrou o segundo álbum Ogoun que desde o seu lançamento no final de 2012.
Comprometida com os resultados em relação ao público, seguindo sua missão; ciente de que esse impacto nasce da possibilidade essencial da transcendência.

Boommm Freaks!